A Esmeralda é a pedra do mês de Maio

É a gema mais preciosa da família dos berilos.

Esta colorida família inclui as Águas-marinhas (azuis claras), as Morganites (cor de rosa), os Heliodoros (de cor dourada), bem como, outros berilos de cor vermelha e verde claro

A Esmeralda deve a sua cor verde ao Cromo e ao Vanádio, mas geológicamente falando, pode dizer-se que é um autêntico milagre da natureza, se tivermos em conta, que a formação de uma esmeralda implica uma série de ocorrências, nomeadamente, movimentos telúricos que vão submeter os seus componentes líquidos a pressões e temperaturas extremamente elevadas e extremas que se misturam quase, por acaso, e que, com a diminuição gradual da temperatura formam estes bonitos cristais.

 

Normalmente, apresenta inúmeras inclusões, bem como, fissuras à superfície. Quando uma esmeralda não tem inclusões visíveis a olho nu é considerada perfeita. As esmeraldas que não possuem fissuras ou fraturas são extremamente raras, as inclusões e fissuras da esmeralda são conhecidas como "jardins", por causa de sua aparência e são únicas, em termos gemológicos, podendo mesmo ser usadas para identificar a origem de uma pedra em particular.


Post mais antigo Post mais recente


Deixe um comentário

Chamo à atenção que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados